Olhou à sua volta e viu as árvores todas despidas. Andou um pouco até chegar ao habitual banco onde todos se encontravam e ninguém lá estava. Pensou em sentar-se, mas o banco estava coberto de neve. Pensou em ligar-lhes, mas tinha as mãos muito geladas. Pensou em gritar pelo nome deles, e enquanto tinha esse pensamento algo o abalou. Sentiu umas mãos fortes, mas familiares nos seus ombros e risinhos. Virou-se com um sorriso na cara por saber que Ben não mudara durante estes meses e que a sua malta estava igual. Cumprimentaram-se, conversaram sobre o tempo separados até que algumas apresentações foram feitas. «Jay esta é a Sophie, a minha namorada» disse Ben, com um sorriso. «Dou-te os parabéns por aguentares este urso todos os dias Sophie!» disse Jay, feliz por saber que o seu amigo tinha encontrado alguém. Brincaram, comeram muito, riram ainda mais e divertiram-se. Já Lara não podia dizer a mesma coisa. Sentia-se horrível. Com ela. Com Henry, com tudo. Ela sabia que tinha de acabar com aquilo o mais rápido possível, mas e se ele voltasse àquela forma terrível de ser? Ela não ia aguentar outra coisa assim. Ela não é assim tão forte, pelo menos era o que pensava enquanto milhares de lágrimas se misturavam com um risco vermelho a sair do seu nariz bem magoado. Decidiu limpar-se, acabar com aquela choradeira e recompor-se. «Chorar não vai resolver o meu problema» pensava ela. Levantou-se da cama, foi à casa de banho e sem se olhar no espelho, abriu a torneira e encheu a mão de água e limpou-se. A água estava fria, mas sabia bem. Repetiu o mesmo processo uma vez e enfrentou o seu reflexo. Parecia doente, meio zombie , estava esquisita. Os seus olhos verdes estavam com contornos vermelhos, o seu nariz fino e moreno agora era grosso e vermelho. Fez uma cara esquisita quando se viu, mas lentamente as suas feições voltaram ao normal. Foi para a cozinha, preparou uma taça de gelado de baunilha e chocolate com pepitas de chocolate e caramelo. Sentou-se a ver America's Next Top Model e a sua tarde foi passada a pensar se engordaria ou não, se a Raina merecia vencer (concorrente do programa) e se o Henry estaria mesmo arrependido ou não. Jay voltou para a casa depois de jantar com o pessoal, e sentiu-se feliz e um pouco preenchido. Olhou para a foto de Anita à entrada da casa e sorriu-lhe. Ele sabia que ela estaria orgulhosa dele por tentar seguir em frente. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

expressa-te:

bright petals.